15 de maio de 2014

Vou continuar rezando . (...)!?Ser ou Não Ser.(...)!?

Só falarei a VERDADE.
Quem quiser pode perguntar...
Eu não sei se você vai aguentar...
Na verdade será que eu irei aguentar a sua reação?
Estou com medo...
Pois já  me imaginei me matar de diversas formas, mas nunca tive coragem
Estou me matando neste exato momento. Papel e lápis são ferramentas importantíssimas! Me permitem imaginar e escrever a minha morte!
Só falarei a VERDADE...
Será que vou conseguir te encarar? Meus queridos estranhos das ruas...
Eu sei que disse que só falarei a VERDADE, porém o meu silêncio é tão precioso e sofrível, que não posso, falar toda a verdade, alguma coisa tem que ser minha!
Só falarei a VERDADE?
Antes te deixaria ler até a página 3
Agora você lerá (se quiser) cada palavra minha até a página 10.
E espero que me perdoe, se menti,ou omiti a VERDADE...
A razão é simples tenho ou tinha, ou tinha ou tenho medo de você se assustar com as minhas
angústias perturbações dessa mente que sorri e chora desesperadamente.
Agora... SÓ FALAREI A VERDADE!
Será que você e eu suportaremos?
Vou continuar rezando Ser ou Não Ser.