25 de novembro de 2014

PAPEL E CANETA / DNA

Papel: Podemos escrever?

Caneta: Podemos escrever.

Papel: Não temos muitas idéias.

Caneta: A gente inventa.

Papel: Agora?

Caneta: Agora.

Papel: Estamos prontos?

Caneta: Sim, nós estamos prontos.

( Escritor em crise, começa a observar a conversa do Papel e da Caneta; ele

explode de idéias.)

16 de novembro de 2014

PERDÃO



Oi, perdão. Era isso que eu queria dizer para você.
Você pensa que a morte se aproxima? Meu caro, a morte está do seu lado, só você que não percebeu ainda. Não fique triste, não se angustie, e principalmente não se apavore! Ela é irmã da vida, e elas dançam e como dançam, não queira entendê-las.
Tá, mentira não sou tão evoluída assim, fique triste, se angustie e se apavore! Ela está do seu lado, ou melhor elas estão do seu lado, não percebeu? Vivo ou morto, tu sentirás, tu sentirás... Então por favor, dance.

9 de novembro de 2014

Eu quero te chupar, engolir sua porra e ser feliz!



Isso só é uma voz.

Tô com uma vontade enorme de devassar a minha alma, de dizer tim - tim por tim - tim e deixar você me julgar, porque eu tenho certeza que você me ama. Minhas vergonhas, meus egos, meus egoísmos, porque sim eu sou egoísta, você gostando ou não. Sou invejosa, tenho vontade de matar uns dez, tenho raiva,não lembro se já senti ódio, porque esse sentimento dura muito e é cansativo. Tô apaixonada por dois homens, com almas singulares, que me encantaram. Eu só penso neles. Quero ser feliz com eles, quero um filho de cada, um menino e uma menina, quero chupá-los, engolir a porra e ser feliz!

Isso só foi um sonho. 
Isso só é uma voz. 

Lembrete: é um texto, um simples texto de uma voz desconhecida que surgiu e eu escrevi. "Não esquente parentes e amigos"  é um só texto, um simples texto, continuo amando vocês.