23 de maio de 2016

Descrição do sentimento: “a ficha caiu”.



Me senti cansada, muito cansada, sem ter feito nenhum movimento. Meu corpo estava carregando um peso, que eu conhecia e não fazia nada. “Acostumei” com as frustrações. Depois senti sono, muito sono. Dormi. Acordei. Entendi: não criar mais desculpas pra ser feliz. Como entendi tudo isso? Os olhos dele conversavam com meus olhos, eles diziam: “aceite, você é imperfeita e vulnerável”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário